(31) 2535.1234 - (31)9.7115.0524 / contato@cavallieri.com.br

Com a Música a Atividade Cerebral cresce!

Por:digitalpixel
Artigos sobre Música

20

out. 2014

Um estudo comparou 15 crianças de 9 a 12 anos que tinham aula de música a um grupo de 12, da mesma idade, sem nenhum treinamento. Além disso, foram estudados dois grupos de adultos, divididos entre músicos e não músicos. Os pesquisadores observaram diversos fatores demográficos, como educação, status profissional e QI, e concluíram que as funções cognitivas (medidas por uma serie de testes) e a atividade cerebral (registrada por meio de imagens de ressonância magnética funcional) eram melhores nos participantes que tocavam algum instrumento.

– “O estudo dos efeitos da música no cérebro já tem mais de dez anos, mas poucos grupos se dedicam a ele” – afirma o neurocientista Jorge Moll, do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino, no Rio de Janeiro. “É difícil saber por que os padrões sonoros são tão engajantes, já que não dependemos da música para sobreviver. Mas há várias evidências de que a música modula fortemente o aprendizado, estimulando a capacidade cognitiva e a relação interpessoal. A percepção de um ritmo influencia o sistema de atenção, induz ao movimento e otimiza o metabolismo e a performance física”.

A explicação, de acordo com Oliver Sacks, está no fato de a música ser uma linguagem tão poderosa quanto a da comunicação verbal: “A atividade musical envolve várias funções do cérebro (emocional, motora e cognitiva), muito mais do que as que usamos para o outro grande feito humano, a linguagem. Por isso, a música é uma forma tão eficaz de nos lembrarmos e de aprender. Não é por acaso que ensinamos às crianças pequenas com rimas e músicas.”

A mesma percepção tem a doutora em Educação Andrea Ramal, autora de diversos livros sobre aprendizado: “Aulas de música ajudam no aprendizado da criança ao longo da vida por diversas razões. Tanto assim que a música se tornou disciplina obrigatória nas escolas” – constatou Andrea. “Além disso, a participação num conjunto musical desenvolve a disciplina na criança, a capacidade de trabalhar em grupo e outras competências que serão necessárias até no mercado de trabalho. Também trabalha habilidades motoras e aumenta a concentração, que é essencial para o aprendizado”.


Compartilhe: