(31) 2535.1234 - (31)9.7115.0524 / contato@cavallieri.com.br

O Dilema do Aprendizado

Por:digitalpixel
Artigos sobre Música

05

jan. 2016

” O Tempo dos Dias De Hoje x O Tempo de Antigamente”

 

            O tempo parece andar cada vez mais rápido. O aumento da velocidade da comunicação – a internet, Google, Youtube, Whatsapp, Facebook – mudou a forma como lidamos com as informações. Tudo hoje em dia é muito instantâneo, imediato. No entanto, o tempo do aprendizado em relação à aquisição de habilidades cognitivas ainda é o mesmo tempo de antigamente; lento, dia após dia, gradual. É o tempo do estabelecimento das sinapses nervosas, que não acontecem de imediato – às vezes demoram uma vida. Assim, todas as ferramentas da modernidade podem, sim, ajudar a agilizar etapas do processo de ensino/aprendizagem mas não podem tomar o lugar dos seus músculos, tendões e do cérebro fazendo que uma informação ou habilidade seja processada e assimilada instantaneamente.

            As novas gerações anseiam pelo momento em que isto aconteça, como no filme Matrix em que uma habilidade é implantada instantaneamente no cérebro da pessoa ao toque de um botão. Falta-lhes a paciência para esperar um resultado a médio/longo prazo e a capacidade de saborear e se divertir com cada etapa do processo. Valoriza-se apenas o produto final.

            No fim das contas, cada vídeo do youtube de jovens virtuoses orientais é o resultado final de algo. Ninguém viu o processo que aconteceu anteriormente. Infelizmente, apesar de toda a evolução tecnológica, ainda não existe conexão Bluetooth para o cérebro, de modo que quem quiser tocar violino não vai escapar, por exemplo, de exercícios feitos diariamente COM METRÔNOMO.

Prof. Eugênio Rocha


Compartilhe: