(31) 2535.1234 - (31)9.7115.0524 / contato@cavallieri.com.br

Violão, Guitarra ou Baixo?

Por:digitalpixel
Artigos sobre Música

08

out. 2014

Essa é uma dúvida que a maioria dos estudantes possuem, por onde começar? O ideal mesmo é começar pelo instrumento que você está mais disposto a aprender, ouça bastante música, tente experimentar cada um e veja qual lhe agrada mais e você se adapta melhor. Não existe uma regra para isso, música é sentimento e você deve buscar aquilo que você está sentindo no momento.

Embora todos sejam instrumentos de corda, cada um possui características diferentes, técnicas diferentes, uma pegada diferente, enfim, é um instrumento diferente. Então, como fazer a escolha certa?
Primeiramente leve em consideração o estilo de música que pretende tocar…
Uma pessoa que deseja tocar Metal não tem motivos para comprar um violão, alguém que deseja tocar MPB, não tem necessidade de uma guitarra, etc.

Porque escolher o violão?
Geralmente o violão é o instrumento mais indicado para se começar a tocar, embora seja um assunto meio “delicado“. Na teoria, o violão funciona do mesmo modo que a guitarra, e uma música tocada em um instrumento, pode até ser tocada em outro. Na prática, nem tanto.
Isso porque, o violão, por ser um instrumento acústico, possui suas próprias características.

Se você pretende tocar MPB, folk, ou violão clássico, você não vai precisar de uma guitarra, principalmente no violão clássico, como o próprio nome já diz, é para violão, e você não vai (E nem deve) tocar isso na guitarra.

Muitos aconselham o violão para iniciantes, e com certa razão, pois quem toca violão já estará meio preparado pra guitarra, mas quem toca guitarra terá um pouco mais de dificuldades ao encarar o violão.

Porque escolher a guitarra?
caso seu estilo seja rock, metal e distorção, é óbvio que a guitarra é o instrumento mais apropriado.
No caso da guitarra e do violão, não importa muito a ordem que deseja começar, o importante é saber tocar os dois.
Embora alguns discordem, não, não é a mesma coisa.

Tenha em mente que nem todo guitarrista é violonista, e nem todo violonista é guitarrista, mas conhecer ambos os instrumentos é de vital importância, caso queira se chamar de músico no futuro.

A guitarra possui suas técnicas características, tais como: Harmônicos artificiais, two hands, e o uso de alavancas. Com seus potenciômetros é possível ajustar o timbre de diversas maneiras, e o uso de pedais/pedaleiras, é capaz de proporcionar infinitas combinações de timbres.

Porque escolher o baixo?
Acompanhada da pergunta: “Baixo é mais fácil que guitarra/violão, certo?
A resposta é simples: Depende do músico que a pessoa deseja se tornar.
Não há comparações entre baixistas como os dessas bandinhas atuais, que usam 4 notas por música usando palheta, e um baixista no nível de Marcus MillerJaco Pastorius, e Victor Wooten.

Muitas pessoas que não conhecem o baixo (Tais como “baixistas” de bandinhas atuais), pensam que o baixo é só segurar notas avulsas usando uma palheta, pois não é bem assim.

Independente do instrumento que escolher, saiba que não é fácil se tornar um músico (Novamente, um guitarrista, violonista ou baixista é uma coisa… Um músico, é outra coisa).
São anos de estudo e dedicação para se tornar um bom músico, então, boa sorte!


Compartilhe: